BEM-VINDOS

A língua é uma das minhas maiores paixões - seja no campo da linguística seja relativa ao paladar. Este blog está centrado na primeira opção, mas de tudo um pouco pode ser encontrado aqui: leituras deleite, dicas, tira-dúvidas, análises linguísticas e tópicos de gramática normativa, curiosidades, humor e muito mais. Está esperando o quê?! Professor Diogo Xavier

Conheça nossas soluções em Educação

FAÇA SUA BUSCA POR ASSUNTO AQUI

Carregando...

terça-feira, 7 de junho de 2011

Enem 1999 - questões de língua portuguesa


Enem 1999

01 SONETO DE FIDELIDADE

De tudo ao meu amor serei atento
Antes e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou ao seu contentamento.

E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama.

Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.

(MORAES, Vinícius de. Antologia poética. São Paulo: Cia das Letras, 1992)

A palavra mesmo pode assumir diferentes significados, de acordo com a sua função na frase. Assinale a alternativa em que o sentido de mesmo equivale ao que se verifica no 3º. verso da 1ª. estrofe do poema  e Vinícius de Moraes.

(A) “Pai, para onde fores, / irei também trilhando as mesmas ruas...” (Augusto dos Anjos)
(B) “Agora, como outrora, há aqui o mesmo contraste da vida interior, que é modesta, com a exterior, que é ruidosa.” (Machado de Assis)
(C) “Havia o mal, profundo e persistente, para o qual o remédio não surtiu efeito, mesmo em doses variáveis.” (Raimundo Faoro)
(D) “Mas, olhe cá, Mana Glória, há mesmo necessidade de fazê-lo padre?” (Machado de Assis)
(E) “Vamos de qualquer maneira, mas vamos mesmo.” (Aurélio)

Esse tipo de questão é muito comum no Enem e em muitas outras provas de concursos e vestibulares. É, basicamente, identificar qual é o significado das palavras de acordo com sua função [morfossintática], ou o contrário, identificar a função de acordo com o sentido. No caso da questão que estamos trabalhando, precisamos encontrar o vocábulo MESMO com sentido equivalente ao do verso de Vinícius. “Mesmo em face do maior encanto” tem um valor concessivo. Segundo o dicionário Houaiss, esse sentido é adquirido informalmente. Eu, por outro lado, considero essa expressão largamente usada na variedade culta, até mais que na popular, arrisco dizer. Enfim, a expressão corresponderia a “AINDA QUE”.
Tanto na alternativa A quanto na B, a palavra em destaque funciona como adjetivo, indicando igualdade ou permanência. Na letra C, o valor da expressão é concessivo, pode ser substituído por “ainda que”. Alternativa correta: C. As letras D e E, a palavra em destaque possui função adverbial, com o valor de inclusão, reforço.

39 Diante da visão de um prédio com uma placa indicando SAPATARIA PAPALIA, um jovem deparou com a dúvida: como pronunciar a palavra PAPALIA?
Levado o problema à sala de aula, a discussão girou em torno da utilidade de conhecer as regras de acentuação e, especialmente, do auxílio que elas podem dar à correta pronúncia de palavras.
Após discutirem pronúncia, regras de acentuação e escrita, três alunos apresentaram as seguintes conclusões a respeito da palavra PAPALIA:
I. Se a sílaba tônica for o segundo PA, a escrita deveria ser PAPÁLIA, pois a palavra seria paroxítona terminada em ditongo crescente.
II. Se a sílaba tônica for LI, a escrita deveria ser PAPALÍA, pois “i” e “a” estariam formando hiato.
III. Se a sílaba tônica for LI, a escrita deveria ser PAPALIA, pois não haveria razão para o uso de acento gráfico.

A conclusão está correta apenas em:
(A) I (B) II (C) III (D) I e II (E) I e III

A questão exige basicamente o conhecimento das regras de acentuação gráfica e, antes disso, da classificação das palavras conforme a posição de seu acento tônico.
Para relembrar essa classificação, confira aqui. As regras de acentuação (atualizadas) você encontra aqui.
Vamos, então, analisar cada assertiva.
I - Verdadeira, pois, como podemos constatar nas regras de acentuação, paroxítonas terminadas em ditongos recebem acentuação gráfica na sílaba tônica (2º PA). Só se deve ter o cuidado com detalhes. A afirmativa fala em ditongo crescente (vogal+ semivogal) e de fato há esse tipo de ditongo. Caso afirmasse que a palavra termina em ditongo decrescente, a afirmação estaria invalidada.
II - Observem que essa afirmativa contradiz a seguinte. Portanto, só as alternativas D e E são possíveis de serem verdadeiras. A conclusão II diz que, sendo LI a sílaba mais forte, haveria acento do I por estar formando um HIATO. FALSA. Cuidado! O “i” (ou “u”), para receber acento no hiato, deve atender aos requisitos:
1. Ser a segunda vogal do hiato e ser a vogal tônica; 2. Estar sozinho na sílaba ou junto de S; não estar seguido de NH.
O “i” em questão não está sozinho na sílaba nem é a segunda vogal do hiato. Afirmação descartada.
III - Correto. Não há razão para acentuar o LI, não se engloba em nenhuma regra. A divisão seria “PA.PA.LI.A” - paroxítona terminada em A. Oxítona terminada em A recebe acento; paroxítona não.

Alternativa E é a correta.



tags: ENEM, Língua Portuguesa, Gramática, Linguística, Semântica, exercício, questões.

Um comentário:

  1. Olá Xavier, gosto muito do blog 'Minha língua e eu', sempre que posso, dou uma espiadinha pelo reader; no entanto, da última vez que o acessei, percebi algo que me chamou mais atenção ainda do que o de costume: esses seus posts de exercícios do enem comentados.
    Eu tenho um projeto (audacioso, porém paulatino) de criar um banco de questões respondidas e comentadas, separadas por grandes áreas e assuntos (Literatura, Morfologia, Fonética/Fonologia, etc), no entanto, para isso dar o mais certo possível, é preciso encontrar pessoas interessadas em comentar e trocar opiniões sobre o estudo de nossa língua, uma idéia só cresce quando se junta com outras idéias.
    Como eu vi seu post, queria te propor uma parceria para trocarmos análises de provas e questões, seria algo interessante para você?
    No momento já analisei duas provas de vestibular e agora estou na minha segunda prova de concurso, seria ótimo ter a opinião de um colega de profissão que também parece curtir explorar seus conhecimentos ...

    Qualquer coisa, mande-me um e-mail ou contate-me pelo facebook, se preferir:
    http://www.facebook.com/sylviarodrigues.almeida

    Um abraço docente e aguardo ansiosamente pelo seu contato ^^

    ResponderExcluir

Tem opinião? Então escreva!!!

Posts Relacionados

VOTE EM MINHA LÍNGUA E EU